O feminino e as feministas nas Satyrianas

por bablas48

O Feminix  –  Território de Mulher, uma das novidades na programação da 11ª edição das Satyrianas – Uma saudação à primavera, veio para provocar: o que é o feminino? e o masculino?

Instalado em uma tenda no Parque Augusta, o Feminix se dedicou a desmontar certezas e preconceitos sobre o universo feminino. A invisibilidade, o desrespeito à diversidade e a distorção da imagem das mulheres foram os principais assuntos, por exemplo, da roda de conversa Desmonte: “A imagem da mulher na mídia, na política, no teatro e na dança, que aconteceu dia 26 de novembro, às 21h. O papo, mediado pela militante do movimento LGBT, Rita Quadros, contou com a presença de Marta Baião, diretora de teatro e do CIM (Centro Informação Mulher); Rachel Moreno, psicóloga e autora do livro “A Beleza Impossível: Mulher, Mídia e Consumo; Sônia Coelho, da Marcha Mundial de Mulheres; Maristela Bizarro, fundadora do Cine Mulher; Julia Catunda, psiquiatra e criadora da Grife Dasdoida, e Márcia Balades, da Liga Brasileira de Lésbicas.

Outro destaque da tenda foram as exposições de fotos das mulheres dos Satyros, captadas pelo fotógrafo Helio Dusk; e das mulheres de Bukavu, cidade da República democrática do Congo onde o estupro em massa de mulheres é utilizado como arma de guerra.  As fotos são de Marta Baião.

O Feminix  teve ainda a instalação “Vulvar”,  performances e apresentações de teatro. Veja  a programação: http://satyros.uol.com.br/satyrianas/index.php/feminix

 Confira as fotos da roda de conversa Desmonte

Por Bárbara Ablas

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios